O que fazer quando seu carro começa a derrapar

​​Perder o controle da direção pode ser uma experiência assustadora. Veja o que fazer quando seu carro começa a derrapar.

Poucas coisas assustam um motorista como derrapar em uma estrada lisa. Você sente que o carro começa a virar sem seu controle, vem um frio no estômago, e você entra em pânico ao se perguntar "O que eu faço?"

Muitos motoristas aprenderam o que fazer há muitos anos na autoescola: dirija na direção da derrapagem, alinhe os pneus, e depois saia dela. Se esse conselho te parecer completamente contra-intuitivo, você não é o único, mas o fato é que ele está ultrapassado.

O conselho de "dirigir na direção da derrapagem" vem de uma época em que os carros costumavam ter tração traseira e não tinham muitos dos avanços automotivos de hoje. Os carros de hoje, no entanto, costumam ter tração dianteira ou nas quatro rodas. Eles perdem tração de maneiras diferentes daquele carro antigo no qual você aprendeu a dirigir, por isso é preciso usar uma nova estratégia.

Então, para onde dirigir em uma derrapagem?

A maioria dos instrutores de direção hoje recomendam o contrário de "dirigir na direção da derrapagem". Em vez disso, siga esses quatro passos:

1. Tire o pé do acelerador: o motivo mais comum para a perda de tração é dirigir muito rápido para as condições da estrada. No instante que você sentir que seu carro está derrapando, tire o pé do acelerador. Isso não significa que você deva pisar no freio. Na verdade, frear pode mudar o peso do carro e piorar as coisas. Apenas tire o pé lentamente para diminuir a velocidade do carro. Em alguns casos, isso é tudo que é preciso para recuperar o controle.

2. Mantenha as duas mãos no volante: essa é óbvia, mas fácil de esquecer na hora do pânico. O seu volante é a ferramenta que vai permitir que você recupere o controle do carro, e isso será mais fácil com as duas mãos no lugar certo.

Dica profissional: Talvez tenham ensinado que, além de reduzir a aceleração, você deve deixar o carro em ponto morto. Esse é um péssimo conselho porque você estará tirando uma mão do volante quando não precisa, e colocando seu carro em uma marcha que lhe dá ainda menos controle. Não faça isso.

3. Veja para onde você quer ir: esse pode ser um conselho difícil de seguir quando seu carro estiver fora de controle. Se você vir um poste no seu caminho e quiser evitar bater, é provável que você fique de olho nele e entre em pânico para se concentrar na direção. A má notícia é que as pessoas tendem a dirigir na direção em que estão olhando, seja conscientemente ou não. Por isso, não olhe para o que você quer evitar bater. Em vez disso, olhe para onde você quer ir.

4. Dirija para onde você quer ir: o passo final para se livrar da derrapagem é dirigir para onde você quer ir. Junte esse movimento com o passo anterior, olhe para o caminho pretendido e mova-se lentamente até lá. Não se preocupe em dirigir na direção da derrapagem, e não balance o volante. Vá suavemente na direção que você quer ir.

A causa de qualquer derrapagem, seja em uma estrada cheia de cascalho seco, ou molhada por uma forte chuva, é a perda de tração. Não importa as condições de trânsito, o conselho é o mesmo. Dirija mais devagar que o normal, e deixe mais espaço entre você e o carro que estiver na sua frente. Aquela regra de dois segundos de direção defensiva deve ser expandida para oito ou dez segundos. Se seu carro começar a derrapar, tire o pé do acelerador, mantenha as duas mãos no volante, olhe para onde você quer ir e dirija até lá.

Dica profissional: apesar de parecer tentador levar seu filho que está aprendendo a dirigir a um estacionamento vazio, ou até você mesmo, para praticar a recuperação de controle na derrapagem, os instrutores não recomendam isso. A razão mais óbvia: você pode destruir o seu carro. Além disso, mesmo que você queira estar seguro da sua habilidade de se livrar de uma derrapagem, você também não pode ficar tão confiante a ponto de dirigir com imprudência.