Dez ferramentas que todo o dono de casa deve ter

​​​Monte o kit de ferramentas certo para consertos, reparos e construções que você mesmo pode fazer.​​

​​​​Quando o assunto é manutenção em casa, ter um kit de ferramentas completo à sua disposição pode ser a diferença entre fazer os reparos você mesmo ou apenas ficar na intenção. Com esses dez itens, prepare-se para atuar como um mestre.

​1. Martelo

 

Ele não é só para bater e remover pregos. Seu martelo pode ter alguns recursos importantes:
  • Um cabo com amortecimento de vibração, para reduzir o cansaço do braço
  • Uma garra reta (em vez da garra curvada) que pode ajudar você em projetos de demolição
  • Uma cabeça de martelo lisa (não com covas ou em xadrez), que minimiza os danos nas superfícies e o deslizamento dos pregos

Dica profissional: se você usa um martelo várias vezes na mesma semana, corre o risco de ter lesões na mão e no pulso. Certifique-se de procurar um cabo resistente ao choque e anti-vibração quando for comprar.

2. Conjunto de chaves de boca



Frequentemente, projetos de reparo em casa ou montagem exigem a manipulação de porcas e parafusos. Tenha algumas chaves de boca ajustáveis de diferentes tamanhos e esteja preparado para tudo.

Dica profissional: quando usar uma chave de boca, sempre puxe-a em sua direção – pressioná-la pode causar ferimentos.

3. Estilete

 

Desde cortar caixas até gesso, um estilete com lâminas retráteis é muito mais eficiente que uma tesoura.

Dica profissional: tenha lâminas extras à mão – é mais provável que você se machuque com uma lâmina cega, do que com uma bem afiada.

4. Conjunto de chaves de fenda​


Ter um conjunto durável de chaves Phillips com 3-4 tamanhos vai fornecer a você ferramentas para milhares de trabalhos e confiança nas suas próprias habilidades.

Dica profissional: pontas magnéticas significam menos peças derrubadas e perdidas.

5. Nível

 

Um nível torpedo de 9 polegadas é o ideal pelo tamanho e utilidade. Esse tipo de nível é menor que os outros, e é perfeito para manobras em espaços apertados. Suas bordas curvas ampliam o uso para tudo: desde pendurar quadros até nivelar prateleiras e móveis.

Dica profissional: certifique-se de comprar uma peça resistente e durável que possa suportar quedas. Qualquer coisa que seja frágil ou feita com materiais baratos não ficará nivelada por muito tempo.

6. Óculos de segurança​


Todos os espaços, dentro e fora da sua casa, têm seus próprios desafios de segurança. Mantenha os olhos protegidos do pó, de detritos, e de perigo com um bom par de óculos de segurança.

Dica profissional: para evitar o embaçamento e pouca visibilidade, procure óculos com ventilação embutida ou com lentes anti-embaçantes.

7. Conjunto de alicates

 

Os alicates vêm em diferentes formatos e tamanhos para atender a uma série de necessidades de reparo. Os consertos domésticos comuns exigem alicates como:
  • Alicates de pressão, que são versáteis e podem agarrar a maioria das superfícies em qualquer ângulo.
  • Alicates bico de papagaio são especialmente úteis quando se trata de encanamento, mas também podem ser ajustados para agarrar muitos itens pequenos ou grandes.
  • Alicates de bico são excelentes em tudo, desde trabalhos com fios até a recuperação de objetos em áreas apertadas.

Dica profissional: à medida que você ficar confortável em fazer sozinho a manutenção da sua casa, pode querer alicates para cortar fios – por isso se planeje para comprar.


8. Furadeira sem fio

 

Ferramentas sem fio são mais fáceis de manipular do que as tradicionais, e atendem a quase todas as necessidades de reparo. Cada furadeira sem fio tem um peso diferente, portanto experimente algumas antes de comprar. Uma furadeira de reversão de velocidade variável de 14 ou 18 volts serve para a maioria dos trabalhos, mas você pode investir em um conjunto de brocas boas, de metal, madeira e universais.

Dica profissional: baterias de lítio recarregáveis fornecem energia mais longa que baterias NiCad.

9.Trena

 

Desde a substituição de aparelhos até a medição de espaço para móveis, uma trena é ferramenta especialmente valiosa para o seu kit.

Dica profissional: pegue um modelo de travamento fácil, de ¾ de polegada, porque uma trena mais fina pode sair do lugar, e as mais grossas podem ser um exagero.

10. Caixa de ferramentas

 

Muitos ignoram a necessidade de organização das ferramentas. Mas sem esse recipiente, até os melhores produtos podem desaparecer ou danificar.

Dica profissional: procure uma caixa de ferramentas que seja projetada para comportar ferramentas pequenas, médias e grandes. Modelos com compartimentos  ou bandejas removíveis facilitam o acesso às suas ferramentas em todas as horas.​

​​​​​​