Quatro histórias que vão inspirar você a praticar a solidariedade

​Cada um de nós carrega o poder de transformar o mundo. Você já parou para pensar nisso? Seja com pequenas atitudes, que merecem ser praticadas, ou com ações solidárias que mudam vidas de outras pessoas, praticar a solidariedade no seu dia a dia é uma forma de tornar o mundo em que vivemos num lugar melhor e mais humano. Se você ainda não sabe como pode contribuir, contamos algumas histórias inspiradoras que vão te motivar a começar já!

Make-A-Wish

“Sonho ter roupas novas para mim e meus irmãos”, contou Victor, de 15 anos, que enfrenta um  tratamento contra a leucemia. Já Camila, 11 anos, diagnosticada com Síndrome de Budd Chiari, sua maior aspiração foi ser modelo. Realizar estes desejos que transformam profundamente a vida de quem recebe, e de quem doa também , é a missão da Make-A-Wish Foundation, que desde os anos 80, mobiliza voluntários para tornar realidade os sonhos de crianças com doenças graves. Assim, ao mostrar que nada é impossível, gera mais força emocional aos pequenos e familiares.

No Brasil, o “sonhômetro” já contabiliza 2.164 sonhos realizados, e empresas e voluntários podem ajudar. Saiba como.

Avante, Leãozinho

Quando ainda não havia nem completado os dois anos de idade, João Vicente vivenciou a primeira crise causada pela Síndrome Hemolítica Urêmica atípica, que provoca falhas no sistema imunológico e destrói os glóbulos vermelhos. O transtorno repentino resultou em um AVC (acidente vascular cerebral), que deixou sequelas que mudaram a vida do Leãozinho e de sua mãe, Lau Patrón. Hoje, aos seis anos,  João conquistou avanços, como movimentar as mãos e ficar em pé sozinho, graças a rede de  rede de apoio que a mãe mobilizou na internet para um tratamento com métodos mais modernos de reabilitação infantil.

Recentemente, a história dos dias desafiadores de mãe e filho no hospital, virou o livro “71 Leões”. Acompanhe o João Vicente pela página Avante, Leãozinho, no Facebook.

Gerando Falcões

"Filho, não importa de onde você vem, mas, sim, para onde vai". A fala da mãe inspirou Edu Lyra, criado na periferia da Grande São Paulo, a transformar a sua realidade e a de muitos outros com o projeto Gerando Falcões. A ONG aposta em oficinas de cultura, esporte e qualificação profissional para gerar oportunidades para cada vez mais jovens e adultos. Com unidades em Poá (SP), Vila Prudente (SP) e Maceió (AL), o próximo passo do empreendedor social é expandir o projeto para comunidades em todo o Brasil.  Saiba como ajudar também.

Cabelegria

Empatia e comprometimento são os valores que guiam o trabalho da ONG Cabelegria, que transforma doações de cabelo em perucas para crianças e mulheres com câncer. A ideia das fundadoras, Mariana Robrahn e Mylene Duarte, é devolver a autoestima e motivar as pacientes no tratamento. Lisos, crespos, tingidos ou com química, todo tipo de cabelo pode ser doado, desde que as mechas tenham mais de 20 cm. Com mais de 200 mil doações, que chegam de todo o Brasil, a Cabelegria já confeccionou e entregou, gratuitamente, 5.600 perucas.

Conheça os pontos de coleta e mais informações sobre o projeto.