Hábitos de consumo sustentável que você precisa adotar

​Os recursos do nosso planeta são finitos. Mas a capacidade dos seres humanos em usá-los, não. Se pensarmos que é no consumo em que mais abusamos da boa vontade da natureza, já está mais do que na hora de adotar um consumo sustentável, ecológico e justo no nosso dia a dia. Veja alguns hábitos que farão parte da vida de todos nos próximos anos.

Reciclar sempre, cada vez mais

Por maior que esse seja o discurso da sustentabilidade, ainda não reciclamos o suficiente. Apenas 13% dos resíduos sólidos urbanos no país vão para reciclagem, segundo estudo do Ipea.  Separar todo o lixo antes de descartá-lo é só o primeiro passo. É preciso começar a fazer escolhas conscientes, evitando o uso de produtos com excesso de plástico e materiais não recicláveis nas embalagens. Preferir produtos duráveis, que precisarão ser trocados com menos frequência é também uma preocupação consciente do consumo sustentável.

Consumir menos eletricidade

Na passagem das lâmpadas incandescentes para as fluorescentes ou de LED, uma enorme quantidade de energia já foi economizada. Mas precisamos continuar nesse passo nos próximos anos adotando, sempre que possível, soluções que economizem eletricidade. Estamos falando de soluções arquitetônicas que economizam ao explorar melhor a luz natural – como é o caso das telhas transparentes ou dos painéis solares capazes de gerar energia e, em alguns casos, revendê-la para a companhia de eletricidade. Uma economia que poucos dispensarão no futuro.

Usar menos água

A questão da água e a necessidade de economizá-la será cada vez mais presente. Não faz muito tempo que São Paulo enfrentou uma grande crise no fornecimento de água. Neste cenário mais árido, nossos hábitos de consumo começam a sofrer transformações: entram (ainda que timidamente) desde as privadas inteligentes, que utilizam pouca ou nenhuma água para dar a descarga, até os sistemas que aproveitam a água da chuva para ser utilizada na irrigação ou na lavagem das áreas externas. Dificilmente uma casa no futuro será construída sem a observação desses detalhes.

Evitar o uso de carros

Foi-se o tempo em que circular de carro era sinal indiscutível de status. Hoje em dia, com o aumento do trânsito e das taxas de poluição do ar, circular a pé ou de bicicleta são ideias cada vez mais adotadas por todos. Faça as contas: se você não percorre grandes distâncias de carro todos os dias, talvez seja o caso de passar a usar outros meios como serviços de aplicativos ou o transporte público para se deslocar.

Comprar produtos locais

Na Itália, foi criado o movimento do Quilômetro Zero, um projeto para que as pessoas deem preferência aos produtos feitos a não mais que 15 km de onde serão vendidos. Um produto que viaja de longe para chegar até a sua mesa vai gastar mais combustível – além de ser mais caro. Por isso, uma das ideias mais fortes do consumo sustentável é preferir comprar sempre dos produtores locais. Ganha o consumidor que recebe produtos mais frescos, com menos necessidade de agrotóxicos e conservantes. Ganha a economia local, que é reforçada pela própria comunidade.