Fevereiro é mês da luta contra o câncer: confira dicas para se prevenir

​O câncer é, cada vez mais, uma doença que se pode combater, principalmente se descoberto no início. Por isso é tão importante não se descuidar dos exames de prevenção. Mudanças no estilo de vida também podem diminuir significativamente as chances de desenvolver a doença.

Como também podem ser a chave para a longevidade de quem já enfrentou ou enfrenta o problema. Veja algumas recomendações do INCA, Instituto Nacional de Câncer, no mês em que é comemorado o Dia Mundial da Luta Contra o Câncer.

1. Alimentação, exercício e controle do peso

Frutas, legumes, verduras, cereais integrais e feijões são alimentos que protegem as pessoas do câncer. Quando combinados com exercícios e a manutenção de peso corporal adequado, são capazes de evitar cerca de um terço dos tipos de câncer! Vale muito a pena investir em um estilo de vida mais saudável.

2. Não fume

Essa é a principal forma de se combater as chances de se desenvolver câncer de pulmão, boca, laringe, faringe e esôfago. Em um cigarro estão contidas 4.700 substâncias cancerígenas que são inaladas por fumantes e todos os que inalam a fumaça perto dele. Parar de fumar aumenta, progressivamente, as chances de se evitar a doença. Quanto mais tempo longe do cigarro, menores as probabilidades.

3. Proteja-se contra o sol

Tomar sol em excesso, principalmente entre 10h e 16h é um fator de risco importante para o câncer de pele. Proteja-se em qualquer horário, usando filtro solar com fator de proteção adequado, inclusive nos lábios, quando estiver sob sol. Na praia, tenha sempre uma barraca e use chapéu. 

4. Exames ginecológicos em dia

A visita anual ao ginecologista deve fazer parte da rotina de toda mulher. Com um simples exame é possível detectar alterações nas células do colo do útero e tratá-las antes mesmo que possam se tornar perigosas. O ginecologista também pode indicar exames preventivos como a mamografia, capazes de detectar em estágios bem iniciais quaisquer alterações suspeitas.

5. Exame de próstata

Homens a partir dos 45 anos devem fazer exames preventivos de próstata uma vez por ano. São rápidos e indolores e podem detectar alterações assim que aparecem. Tratado a tempo, podem ser totalmente curados e garantir ainda muitos anos de vida para o paciente.
6. Vacine meninos e meninas contra o HPV
Desde 2014, o Ministério da Saúde recomenda a vacinação de meninas (de 9 a 14 anos) e de meninos (de 11 a 14 anos) contra o HPV. Esse vírus, facilmente transmissível durante a futura vida sexual dos jovens, é responsável por 70% dos casos de câncer de colo do útero. Vaciná-los ainda crianças é uma forma de diminuir cada vez mais a incidência do HPV (e seus riscos) na população. 

A Luta Contra o Câncer é cada vez mais possível e ela começa com a mudança de hábitos. Você e sua família só têm a ganhar com elas no seu dia a dia.