Siga essas ideias e economize na fantasia do Carnaval

Chegou o mês da folia e, com ele, a vontade de sair por aí a caráter. Se as lojas nessa época do ano costumam estar cheias e cobrar caro pelas fantasias mais elaboradas, não desanime. Com um pouco de imaginação e vontade de brincar, dá para fantasiar toda família sem gastar muito. Prepare a serpentina e o confete que as dicas para economizar no modelito de Carnaval são por nossa conta.

Abuse de acessórios

Se as fantasias completas estão custando muito nessa época do ano, prefira investir em acessórios para transformar a roupa que você já tem. Uma saia de tule sobre um collant faz, por exemplo, uma bailarina. Se a camiseta tem um bolsinho, faça cartões amarelo e vermelho e descole um apito. Vai ser só combinar com um short e chuteiras para se vestir como um árbitro de futebol. Sem falar nas capas e máscaras que fazem bem rápido um super-herói.

Fantasias que duram muitas festas

Faça uma compra inteligente adquirindo uma fantasia que possa ser usada em várias festas durante o ano. O vestido preto de melindrosa pode virar a bruxa do Halloween. É só trocar a faixa na cabeça e os colares de pérolas de fevereiro pelo chapéu de bruxa e o nariz postiço em outubro.

Pijama que vira fantasia (e vice versa)

Para as crianças a regra do 2 em 1 vale ainda mais. Uma dica boa são os pijamas de bichos que, no carnaval, viram a roupa da festa. Só caprichar na maquiagem para completar a fantasia. Prefira os pijamas sem pezinho e com mangas curtas. Duram mais anos porque acompanham o crescimento dos seus filhotes.

Camiseta listrada

Um coringa das fantasias é a camiseta listrada. Na versão azul e branco, dão tanto a clássica roupa do malandro quanto a base para a roupa do marinheiro. Só escolher o chapéu certo para combinar.

A roupa errada no lugar certo

Muitas fantasias podem ser improvisadas usando seu próprio guarda-roupa. A ideia é a de usar a “roupa errada” no lugar certo, ou seja, a roupa que você não usaria para sair por aí, vai ser a fantasia certa no baile ou no bloco de carnaval. Um pijama listrado e pantufas, vira um dorminhoco que carrega seu travesseiro para todo o lugar. Um vestido longo de casamento, com luvas longas e uma piteira, vira uma roupa de milionária excêntrica se completada com notas de dinheiro de brinquedo que você pode usar como confete no salão. Pegou o espírito?

Porque no Carnaval vale economizar em tudo – menos na folia.