Oito filmes e séries que toda mulher precisa assistir no Netflix

Foto: Divulgação/ Miramax

Além de histórias fantásticas e emocionantes, o cinema e a TV, vez ou outra, brindam o espectador ao retratar mulheres que não se encaixam nos papéis tradicionais.  Lorelai Gilmore, Annalise Keating, Frida: protagonistas reais ou da ficção que retratam grande lições de empoderamento feminino em séries ou filmes. Estoure a pipoca, reúna as amigas e inspire-se!

​1. Orange is the New Black


Foto: Divulgação/Netflix

Baseada em uma história real, a série conta a vida de detentas, e o que levou cada uma a ser presa. Retratos muito humanos de mulheres que, por (grandes e pequenos) deslizes no passado, acabaram atrás das grades, sob a perspectiva da protagonista que é uma mulher de classe média que precisa sobreviver em um mundo para o qual não foi preparada. Um roteiro bem estruturado e criativo que já rendeu cinco temporadas.

Numa época em que a representação feminina em filmes e séries é ainda muito pequena, Orange is the New Black é também um palco cheio de excelentes interpretações femininas, com atrizes vencedoras de prêmios e indicações ao Emmy.

Clique para assistir.

2. Gilmore Girls: Tal Mãe, Tal Filha

Lorelai teve a filha Rory quando tinha apenas 16 anos de idade. Não aceitando o desejo dos pais de que se casasse com o pai da filha, ela vai morar com a filha na pequena cidade de Stars Hollow. Os desafios de uma mulher que decide criar a filha sozinha, além da bela (e desafiadora) relação entre mãe e filha, são temas recorrentes da série, que ficou conhecida nos anos 2000 por seus diálogos curtos e brilhantes.

Clique para assistir.

3. Anne with an "E"

É 1908, na pequena Ilha do Príncipe Eduardo, e um casal de irmãos resolve adotar um menino para ajudar nos trabalhos da fazenda. Vem, por engano, a órfã Anne. Sem coragem de “devolver” Anne aos remetentes, os irmãos acabam tendo que lidar com uma garota cheia de imaginação, que em nada combina com o que se espera de uma mulher no final do século 19. Um dos pontos altos da série é o protagonismo feminino e os diversos temas atualíssimos, como feminismo, bullying, preconceito, adoção e até mesmo a ideia de “família”, com o nada convencional núcleo familiar para aquela época que acaba se formando.

Clique aqui para assistir.

4. How to Get Away With Murder

“Como se safar de um assassinato”. Esse é o nome do concorrido curso que a famosa advogada Annalise Keating ensina. Quando um crime real acontece e envolve a professora e seus cinco alunos mais brilhantes, uma história cheia de reviravoltas começa. Não bastasse a trama eletrizante protagonizada pela atriz Viola Davis, a série é mais um sucesso de Shonda Rhimes, a criadora de Grey’s Anatomy e Scandal.

Clique para assistir.

5. Frida 

A vida dessa expressiva artista mexicana, considerada um ícone do surrealismo e do universo feminino na década de 50, é o assunto desse filme protagonizado pela atriz Salma Hayek, fã declarada da pintora. Um retrato de cores fortes sobre um personagem histórico obrigatório quando se fala de empoderamento feminino na vida e nas artes.

Clique para assistir.

6. Nise – O Coração da Loucura

De volta ao trabalho no hospital psiquiátrico, depois de anos de afastamento, sobra para a Doutora Nise da Silveira apenas a renegada ala de Terapia Ocupacional do Centro Psiquiátrico do Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro. É o início dos anos 40 e estão na moda métodos como o eletrochoque e a lobotomia. Recusando-se a usar essas práticas, Nise descobre na arte um caminho para ressignificar a vida desses pacientes. Baseado na vida real da psiquiatra, o filme brasileiro conta as lutas de uma mulher contra o sistema e de como a suas escolhas não violentas foram capazes de revolucionar a vida de pessoas – e também o tratamento psiquiátrico no país.

Clique para assistir.

7. Valente


Foto: Divulgação/ Disney Pixar

Primeiro filme da Pixar protagonizado por uma personagem feminino, Valente conta a história de Merida, jovem princesa criada para ser a perfeita sucessora da mãe no papel de rainha, mas tudo o que ela quer é cavalgar livre pela Escócia com seu arco e flecha. Envolvida a contragosto em uma competição que pretende escolher seu futuro marido, Merida pede ajuda a uma bruxa, que acaba transformando a rainha em um urso. Para salvar a mãe, tem que enfrentar diversos desafios. Fábula inspiradora, que questiona os tradicionais papéis femininos, para ser assistida em companhia de meninas de todas as idades.

Clique para assistir.

8. Iris

Aos 96 anos, Iris Apfel ostenta 75 de carreira no mundo da moda. Seu jeito de ser foi registrado no documentário Iris, do diretor Albert Maysles, que faz um retrato de uma mulher que nunca se prendeu a padrões. Enquanto acompanhamos o dia a dia da fashionista, entre festas, entrevistas e desfiles, acompanhamos suas reflexões sobre a vida e o sucesso, além de impagáveis tiradas sobre a moda. Em um mundo  onde juventude e beleza são consumidas com voracidade, Iris consegue mostrar que a verdadeira idade é a do espírito e a beleza está em ser, com coragem, aquilo que se sonhar ser. Inspiração para todas as gerações.

Clique para assistir.