Como criar irmãos unidos

​Cumplicidade, companheirismo, diversão. Mas também ciúmes, brigas e rivalidades. A relação entre irmãos é uma verdadeira aula sobre como viver em sociedade. Se por um lado, os momentos de desentendimento são inevitáveis, por outro, existem muitas coisas que os pais podem fazer para que os irmãos cresçam unidos, aprendam a superar as diferenças e estreitem os laços dessa relação.

​Acolha os sentimentos de todos

Quando um irmãozinho chega é normal que o mais velho sinta ciúmes do mais novo. Ou então que o primogênito seja colocado na posição de “mais maduro” e dele seja cobrada mais independência e menos necessidade de atenção. Na verdade, os sentimentos de ambos precisam ser acolhidos. Explique ao mais velho que o menor precisará de mais atenção por um tempo, mas garanta o lugar de aconchego e carinho que ele sempre teve na família.

Faça a mediação dos conflitos

Quando eles estiverem brigando, pare tudo e escute os dois lados para entender o que está acontecendo. Não diga que um está certo ou errado. Prefira que eles mesmos conversem e se entendam. Seu objetivo deve ser sempre o de restabelecer a paz e a união.

Evite comparações

Poucas coisas são tão destrutivas para a união entre irmãos do que comparações entre eles. Frases como “por que você não faz como seu irmão?” ou “sua irmã não me dá trabalho” não resolvem comportamentos e ainda machucam a relação da criança com o outro filho, considerado “melhor” no exemplo. Quando tiver que repreender ou criticar, foque apenas no que está errado, sem comparações. Cada filho é de um jeito, com tempos e jeitos diferentes de lidar com as situações.

Ensine a dividir

Muitos dos conflitos virão da disputa de território ou da posse sobre objetos. É importante que cada um tenha seu espaço definido (cama, armário, gavetas, etc.) e que respeite as coisas do outro. Como também é importante ensinar a dividir e a compartilhar as próprias coisas. Festeje sempre que observar os irmãos compartilhando espaços e brinquedos.

Programe atividades em conjunto

Pense em atividades que eles possam fazer juntos, como um passeio de bicicleta ou um dia de chef na cozinha para estreitar os laços entre eles. Esses também são bons momentos para que eles aprendam a respeitar e admirar a natureza de cada um. Mostre que cada jeito de ser tem seu valor e que um pode sempre aprender alguma coisa nova com o outro. É um presente da vida ter um ou mais irmãos para compartilhar todos os momentos.